Inscrições abertas na UMEI Delfim Moreira

Publicado: .

umeiTermina HOJE  (dia 27 de janeiro) as inscrições para preenchimento de vagas na Unidade Municipal de Educação Infantil (Umei) Delfim Moreira (rua Espírito Santo, 890, Centro). Podem ser inscritas crianças de três, quatro e cinco anos (nascidas entre 1º de abril de 2005 e 31 de março de 2008) e que residam em Belo Horizonte. A mais recente Umei é resultado da municipalização da antiga Escola Estadual Delfim Moreira. Todos os alunos matriculados na antiga escola estadual terão suas vagas garantidas, desde que façam a renovação da matrícula.

Os interessados devem comparecer à Gerência de Educação Regional Centro-Sul (rua Tupis, 149, 8º andar), das 8h às 11h30 e de 13h às 16h30, levando certidão de nascimento da criança e comprovante de endereço, preferencialmente a conta de luz. Se um dos responsáveis pela criança trabalhar nas imediações da Umei, pode optar por concorrer à vaga pelo endereço do trabalho.

Nesse caso, é necessário apresentar um comprovante de endereço do local de trabalho e do vínculo empregatício.

 Critérios de matrícula
Pelos critérios vigentes, a matrícula na educação infantil é compulsória para crianças com deficiência e sob medida de proteção, ou seja, estas crianças têm prioridade de atendimento nas instituições da Prefeitura. São destinados ao público mais vulnerável da cidade 70% das vagas, 10% são por sorteio para moradores no entorno da unidade de educação (em um raio de um quilômetro) e 20%, também por meio de sorteio, ao público geral inscrito em busca de vaga. Todas as crianças ficam cadastradas, por ordem de classificação, e são chamadas quando surgem novas vagas.


Fonte: Portal PBH

Artigos

  • Nota da CNBB questiona propostas conservadoras que tramitam no Congresso +

    “Entre vós não deve ser assim” (Mc 10,43). A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil – CNBB, reunida em sua 53ª Assembleia Geral, em Aparecida-SP, no período de 15 a 24 de abril de 2015, avaliou, com apreensão, a realidade brasileira, marcada pela profunda e prolongada crise que ameaça as conquistas, a partir da Constituição Cidadã de 1988, e coloca em Leia mais
  • MANIFESTO EM DEFESA DA DEMOCRACIA +

    Considerando as graves dificuldades político-sociais que afligem atualmente o País, a Presidência da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil – CNBB – e a Ordem dos Advogados do Brasil – OAB – se veem no dever de vir a público expressar – a exemplo do que já fizeram em ocasiões semelhantes anteriores – a convicção de que acima das divergências políticas, naturais numa República, estão a Leia mais
  • A crise hídrica exigirá maior organização e reação da sociedade +

    * José Zanetti Gonçalves “Se você não for cuidadoso (a), os jornais [a mídia] farão você odiar as pessoas que estão sendo oprimidas, e amar as pessoas que estão oprimindo”. Joseph Pulitzer A despeito da crise hídrica que estamos vivendo, gostaria de convidá-los a refletir e mais que refletir, a exercer os direitos de cidadãos. Quando fiz o ginasial há 50 Leia mais
  • Eleições, futebol e participação cidadã +

    * José Zanetti Gonçalves Saímos de um processo de eleições nacionais de significativa importância para o país sem que os concorrentes e a sociedade discutissem programas e propostas de governo para toda a nação. E por isto gostaria de dirigir um apelo aos leitores deste Blog para uma reflexão com vistas às eleições municipais de 2016. Eleições não podem e nem Leia mais
  • Informação nossa de cada dia +

    * Por Pe. Alfredo J. Gonçalves O universo da Internet – com suas inúmeras redes sociais – e suas mil possibilidades de contato, comunicação e interação – representa hoje um poderoso símbolo de inclusão social. A tal ponto que as pessoas impossibilitadas de acesso a esse mundo deslumbrante e encantado constituem uma nova categoria dentro da exclusão social: os excluídos virtuais. A revolução informática Leia mais
  • 1
  • 2
  • 3